O Velho Vo diante do Estado de Direito


 
"O Estado de Direito decorrente do ideal de John Locke, com as funções legislativa, executiva e judicial, com a Constituição que lhe dá forma e estatuído pelo poder constituinte do povo, que lhe dá substância, em algumas repúblicas, ainda não foi capaz de reconhecer a igualdade, portanto, implantar a justiça, sua razão maior, não obstante adotar o princípio universal de que "Todos são iguais perante a lei", princípio inócuo, quando a lei não é justa. Melhor seria que: "Todos fossem iguais perante todos", como no ideal de Locke, ou da verdadeira democracia, ou nos postulados da Palavra de Cristo".



AVANTE