Símbolo da Humanidade 

 

___________________________________________________________________

    Certa ocasião perguntei à Professora da Arte Real , alquimista e taróloga, Marília Accioly, porque o balão permanece vivo, e ela respondeu:  -  "Balão é símbolo da humanidade”.

    De fato, o balão é marco da cultura.  

 

Humberto . Rio de Janeiro . 2004    Natureza morta

    

    Quando presenciamos imagens iguais a essas, sentimos a liberdade, essa faculdade que norteia a ação do homem, farol da vida, força motriz das energias que erigem o saber.

   Liberdades!

    Liberdade de pensar, liberdade de criar, liberdade de fazer arte, qualquer que seja a forma da sua expressão, e no caso singular, liberdade de exercer o brilho do espetáculo.  

   

Demonstrar o trabalho, a obra pronta. 

     Festejar, confraternizar e saudar sua subida aos céus.  

 

     

    Aí se enfeixam todos os fundamentos do direito do homem e da mulher, os quais se desdobram em cada uma das etapas desse prazeroso e engenhoso ritual.     

 

     Reparem a sutileza dessa forma.  

    

    Isto é fruto desse Dom da liberdade e vive no empirismo. Resiste aos tempos e a todas as transformações sociais, como a indicar um rumo ou a salientar a imensa capacidade do ser humano de superar desafios.

    Alguns não conseguem enxergar... 

    Outros não entendem por que o balão continua subindo com invejável vigor; por que o balão fortalece o espírito, renova forças e propaga motivações.

    No íntimo, o balão representa a natureza humana e é um permanente estímulo às coisas que fazem bem; autêntica conspiração da arte, com a técnica e a ciência, que brota da imaginação e provoca os mais belos efeitos na relação humana.  

    O tempo passa... e o balão junino mantém sua marca indelével, nos céus da nossa Terra.

 

 

continua...